Volume
Redes
Sociais
Membro da Universal que não pagar o dízimo, vai pra o SPC?
21/01/2017 - 10h16 em Brasil

Uma notícia sobre a Igreja Universal do Reino de Deus inundou a web durante o último fim de semana, afirmando que o membro que deixassem de pagar o dízimo, teria seu nome incluído no SPC/SERASA.

Vários sites especializados em Notícias Gospel compartilharam essa informação, o que aumentou ainda mais a indignação de algumas pessoas contrárias a religião.

Depois de uma breve pesquisa, O Fuxico Gospel descobriu que a informação é completamente FALSA, e ela inclusive já havia sido publicada em 2011 quando foi também desmentida pela IURD.
“O Departamento Jurídico da Igreja Universal afirma que não há nenhum tipo de controle de quem oferta ou não dentro da Igreja Universal, por tratar-se de liberalidade do fiel e, como consequência lógica deste fato, não há como a Igreja Universal inserir ou deixar de inserir o nome de quem quer seja no SPC/Serasa”, conclui a mensagem.


Já o SPC explica que “como não há um contrato entre a pessoa física e a igreja regularizando a doação como uma pendência fixa, logo não há uma dívida oficial a ser quitada. Além disso, o dízimo é uma doação, e não um produto ou serviço contratado, não podendo então levar o consumidor à negativação nos birôs de crédito”.

COMENTÁRIOS